Esportes para a gestante

04/02/2017 por Unipreço

O tipo de exercício dependerá do estado da gravidez e da forma física que a futura mamãe tenha. Os exercícios físicos terão mais limitações no caso de que mulher apresente hipertensão, enjoos, contrações uterinas, hemorragia vaginal ou cansaço. Nos casos mais especiais como as doenças cardíacas, risco de parto prematuro, gravidez múltipla, feto com crescimento inadequado ou útero solto, essa prática está contraindicada.

Os especialistas no tema afirmam que as melhores atividades para a gestante são as que podem ser praticadas na água, como é o caso da natação e hidroginástica, porque evitam esforços gravitacionais, diminui a retenção de líquidos e os incômodos nas costas. A yoga, assim como o Pilates, a dança, ou simplesmente caminhar também é aconselhável como uma boa alternativa para melhorar a flexibilidade e fortalecer os músculos. Segundo a maioria dos médicos, as gestantes não devem carregar peso, nem fazer exercícios abdominais, pelo menos nos primeiros meses. Devem evitar as atividades que incluam rebotes, pulos, baixadas e subidas, mudanças radicais de direção ou que ofereçam riscos de lesão na zona abdominal. Esportes como o esqui, o mergulho ou a equitação não são recomendáveis.

Se antes de engravidar você não praticava nenhum tipo de atividade física e agora deseja fazê-lo, o melhor é começar pouco a pouco com atividades de baixo risco, como é o caso das caminhadas, natação moderada, etc. Se, pelo contrário, sempre praticou algum exercício físico, pode continuar com o exercício que realizava antes de engravidar, somente diminuindo sua intensidade e a velocidade dos movimentos. De qualquer modo, nunca se esqueça de consultar seu médico antes.

Para começar com os exercícios, é recomendável que a mulher se sinta cômoda. Se vista com roupas leves, beba muita água para não desidratar e evite fazer exercícios em épocas de altas temperaturas. Aqui você tem alguns conselhos:

1 – Comece gradualmente, com 5 minutos diários, chegando até os 30 minutos, agregando 5 minutos a cada dia.

2 – Além de uma roupa cômoda e folgada, coloque um sutiã adequado para proteger seus peitos.

3 – Beba muita água.

4 – Evite fazer exercícios se estiver doente.

5 – Observe e comente com o seu médico no caso de notar algum incômodo no seu corpo, como cansaço, enjoos, dificuldade para respirar, dores nas costas, taquicardias. Nosso corpo é sábio e pode estar te avisando que alguma coisa não vai bem.